Governadora em exercício do Piauí propõe na Alepi implantação da Semana Paulo Freire nas escolas e universidades

A governadora em exercício, Regina Sousa, participou, nesta quarta-feira (10), de uma sessão solene no plenário da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) […]

Imagem de reprodução

 Imagem de reprodução

A  governadora em exercício, Regina Sousa, participou, nesta quarta-feira (10), de uma sessão solene no plenário da  Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) em homenagem a Paulo Freire. O educador e filósofo brasileiro completaria 100 anos em 2021.

Na oportunidade, Regina Sousa sugeriu a criação da Semana Paulo Freire nas instituições de ensino, a fim de debater o legado do educador. “Ele é conhecido no mundo inteiro pela metodologia que ele implantou, baseado numa educação libertadora e uma nova visão de mundo. Nada mais justo do que homenageá-lo, no seu centenário. Seria uma boa ideia criar também a Semana Paulo Freire para que seja debatido nas escolas e universidades, já que muitos falam mal dele sem sequer conhecer uma de suas obras. O conhecimento é a base para a formação de qualquer opinião”, disse a governadora.

A sessão foi requerida pelo deputado Francisco Limma (PT). “Em tempos tão sombrios, esta sessão solene é uma forma de reconhecermos o legado do Patrono da Educação brasileira. Paulo Freire tinha o olhar atento e cuidadoso aos oprimidos, foi um dos maiores pensadores de todos os tempos e merece ser sempre lembrado”, afirmou.

Patrono da Educação brasileira, Paulo Freire é considerado um dos maiores pensadores de todos os tempos, sendo criador da pedagogia crítica e do Método Paulo Freire. Por seu trabalho na área educacional, ele foi reconhecido mundialmente e é o brasileiro com mais títulos de Doutor Honoris Causa de diversas universidades.

Além da governadora e dos deputados, participaram da sessão representantes do Instituto Paulo Freire, que da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e de movimentos populares.

Mais de Política