Curta nossa página
Teresina
+29°C
11/10 15h35 2017 Você está aqui: Home / Polícia Sergisnando Sotero Imprimir postagem

Jovem é executado e mãe é baleada ao tentar defendê-lo no Renascença

A mulher acabou sendo alvejada com dois disparos e o filho veio a óbito no hospital.

Depois de 11 dias sem nenhuma morte na Capital, a Polícia Militar registrou, na madrugada desta quarta-feira (11) um homicídio no bairro Renascença II, zona Sudeste. A vítima, identificada apenas como Cosme Damião, foi alvejada com um disparo de arma no abdômen.

Segundo a polícia, a mãe de Cosme, que ainda não teve o nome divulgado, presenciou o filho sendo abordado pelo suspeito em uma motocicleta e reagiu investindo contra ele. “Ela travou uma luta corporal com o bandido e acabou tirando da mão dele a chave da motocicleta que ele pilotava. Nisso, ele disparou aleatoriamente e acabou atingindo a mulher com dois disparos de raspão e o filho com um tiro que foi fatal”, relata o agente Melo, da Delegacia de Homicídios.

O suspeito teria fugido em direção ao Grande Dirceu e a PM fez diligências na região, mas ninguém foi preso até o momento. Com relação às vítimas, o filho foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Renascença enquanto a mãe deu entrada no HUT. Pouco depois de ser atendido, Cosme não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. A mãe, segundo a polícia, sobreviveu, mas teve que passar por procedimento cirúrgico.

Para a Polícia Militar, não é possível saber se o suspeito teria tentado assaltar a vítima ou executá-la, uma vez que a mãe chegou antes e tentou impedir a ação. O caso já foi encaminhado para o delegado Francisco Baretta, coordenador da Homicídios, que vai designar um delegado para iniciar as investigações. De acordo com a Polícia Civil, o depoimento da mãe será fundamental, porque ela chegou a ver o suspeito e poderá passar as descrições físicas dele.

Fonte: Com informações do O Dia


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados

Notícias relacionadas